Casar na Igreja… A Saga… Capítulo: Decorador… Parte 2! =S

Chegou o Nosso Grande Dia!

Depois de muitos preparativos e muita coisa pra contar aqui… chegamos na igreja! Na Nossa Cerimônia de Casamento… mal dava pra acreditar que tinha chego!

Óbvio que o noivo chegou primeiro que eu… rsrrs ainda bem né?!?

Minha amiga assessora (depois conto dela) já tinha passado por lá, me mandado umas fotos pra me tranquilizar que a decoração estava linda já tinha pego o buquê e deu pro meu irmão levar pra mim no cabelereiro (outro post mara que virá logo logo).

Quando o meu Love chegou lá, o decorador veio trazendo os “botões” de flor das lapelas, meu amor carinhosamente apelidou os “botões” de PINHAS. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ele simplesmente disse que não iria usar aqueles negócios gigantes e horrorosos… eu nem cheguei a ver os benditos, mas sei por comentários que eram PINHAS de árvores de Natal… deixa pra lá, nem queria botões na lapelas mesmo… (nosso espírito evolui nessa época também).

Eu recebi o buquê no salão que estava me arrumando (outro super post que virá).

Meu irmão chegou cedo (eu sou neurótica com pontualidade), levou os dois buquês pra eu escolher… hahahhahaha isso mesmo! Os Dois Buquês!!!

Porque quando fechei a decoração da festa, pedi o buquê de brinde… e ganhei! Logo, tinha 2 pra escolher o mais bonito na hora! (malukete e prevenida)

Bem, o buquê escolhido foi o feito pelo decorador da festa (eu nem sabia quem tinha feito qual, escolhi só pela beleza do buquê mesmo…) e fui pra igreja com meu irmão, meu buquê e meu vestido TOP (outro post que vai deixar vocês bem felizes… é sim possível ter um vestido lindo e com preço justo).

Chegando na igreja, ainda no carro… dei de cara com o decorador da igreja (ficou uma fera que eu não estava com o buquê que ele fez, ficou fazendo caretas no carro, muito, muito, muito inconveniente… mas meu irmão percebeu e tirou ele de perto de mim… mais uma vez o espírito evoluindo… rsrs

Passado o estresse… me concentrei, entrei na igreja que estava linda demais!!!

Cheia de gente, decoração super linda, a orquestra tocando e cantando como anjos, as pessoas sorrindo e emocionadas e eu… eu nervosaaaaaaaa, tremia igual varetinha no vendaval, sorria como se todos fossem dentistas… estava tão nervosa e tão feliz e tão eufórica e tão tudo ao mesmo tempo que nem dá pra escrever… mas como se Deus estivesse segurando minha mão, fui me acalmando, respirando e acreditem, me lembro das carinhas, dos olhos das pessoas, dos sorrisos, dos “lindas” que ouvi no caminho do altar… e lá no altar estava ele, meu amor… o homem que escolhi pra ter o resto da vida… meu daqui a pouco marido… lindo, sem a PINHA na lapela, sorrindo e me olhando com os olhos mais lindos da face da Terra…

Aquele momento valeu cada estresse, cada suspiro, cada lacinho, cada momento que vivi na vida toda foi recompensado por aquela horinha no altar (porque o nosso Padre Paulo Afonso, se deslocou de São Bernardo do Campo para São Paulo só pra celebrar nosso matrimônio e fez a celebração mais linda que já vi, nem percebemos que durou quase 1 hora…)

Casar na igreja… Saga Parte 1

Como vai ser legal compartilhar com vocês cada detalhe do Nosso Grande Dia (chamamos a nossa data assim.)

Hoje vou contar um pouquinho da experiência em fazer uma cerimônia na igreja (católica no meu caso).

Escolhemos uma igreja linda, tipo a dos meus sonhos… e como mencionei num post antes de casar… rsrrs ao reservar a data e pagar a taxa de reserva (1 salário mínimo), recebemos o Livro dos Noivos!

Este livrinho simples é bem resumido e fácil de entender, mas cheio de ‘coisinhas’ que valem o sucesso da sua cerimônia… sabe as letras miúdas?!? É bem isso mesmo…

Falando da minha experiência, que pode ajudar vocês a prestarem atenção no seu livrinho… (cada igreja tem o seu próprio livrinho e suas próprias regras)

Bom, pra começar, na igreja que escolhemos casar, para se contratar algum fornecedor, antes era preciso saber se o mesmo era “cadastrado” na igreja… caso não fosse, ou os noivos ou o fornecedor teriam que pagar mil reais pra igreja… hahahha parece piada, mas pode crer que não é!

Esta “taxa” de cadastro deveria ser paga caso escolhesse algum fornecedor que não fosse “cadastrado da igreja”.

Ao sabermos disso e já sabia que era naquela igreja que eu queria me casar, fomos à luta… começamos a ir nos casamentos aos finais de semana, assistirmos às cerimônias e escolhemos os fornecedores… #robertsmesmo

Decorador da igreja, coral e orquestra (depois falo deles individualmente… merecem cada um o seu post!)

Maaaasssssssssss, tínhamos nosso fotógrafo de confiança e não contratamos outro!

Decisão?!? Falta de Opção?!? Sei lá, contratamos nosso amigo fotógrafo e pagamos pra ver… se não deixassem ele entrar na igreja, correríamos o risco, mas as fotos sairiam da câmera dele!

E seguimos em frente!!!

 

E… CASAMOS!!!

Oi gente!!!!

Desculpem a minha ausência, sabe, organizar um casamento E escrever no blog é uma missão pra poucos… rsrrs demais pra mim que optei por fazer muita coisa eu mesma (e mamãe e madrinhas e amigas), já ouviram falar no DIY (Do it yourself), rolou isso pra valer no meu casamento…

É isso mesmo! JÁ CASEI !!!!

Agora com mais tempo vou contar tudinho pra vocês das minhas experiências e realizações (algumas pequenas frustações porque não sou diferente de ninguém) e vou tentar fornecer pra vocês algumas infos que eu busquei bastante quando decidimos nos casar… experiências reais, o que vale a pena fazer você mesmo, o que vale a pena economizar e o que definitivamente não vale a pena! Rsrsrs

Me lembro de quando decidimos casar que fui louca pra internet buscar experiências e casos reais… principalmente porque nosso orçamento era curto (eu nem sabia de quanto), mas tínhamos zero pra gastar, eu precisava me organizar, saber quanto poderia custar, o que podia fazer… sabe começando do zero, era eu no Google… encontrei alguns blogs bem legais, outros bem lixo, e fui tentando me encontrar no meio de tanta coisa junta e misturada.

Pra vocês terem idéia, comecei pensando num casamento de dia, na chácara da tia do meu namorado…. ops… marido (isso é muito estranho de se acostumar)… bom, casamento de dia, cerimônia e festa na chácara, com buffet de crepes e só cerveja das partes alcoólicas… e depois de muita pesquisa, muito suor e lacinhos feitos em casa, terminamos numa cerimônia show numa igreja linda com coral e orquestra fabulosos, festa linda noturna, música ao vivo, Dj, mesa de bolo e docinhos maravilhosos e tudo que eu mais sonhava juntos num dia só!

Como conseguimos isso?!? Vou contar tudo pra vocês!

Afinal, o tema do nosso casamento foi: Tudo que se divide, multiplica!!!

A cerimônia… Salão ou Igreja?

Sou católica de criação e de fé… sempre me imaginei entrando na igreja para casar…
Mas quando chega a hora, vem o pensamento… casar no salão que será a festa… mais prático, mais barato (depois descobri que é bem mais barato mesmo) … ou casar na tão sonhada e tradicional igreja?!?!?

Eu e meu noivo não somos diferentes, pensamos bastante, ponderamos e entramos num acordo (essencial o acordo sempre existir) … nós iriamos assumir os custos e detalhes e mais, vamos à igreja! É importante pra mim, pra minha família e para a família dele… e lá fomos nós atrás da igreja, com nosso detalhezinho particular: quarta-feira!!!

Gente, meu noivo é tuuudddooooo de bom, por isso que vou casar né?!?
Ele me ajudou a procurar as igrejas, se lembrou das igrejas que já tinha ido, me ajudou a encontrar os endereços e telefones… um noivo lindo e exemplar! Façam seus noivos lerem isso e entenderem o quanto isso é importante pra nós…
Liguei nas igrejas que gostamos, a maioria não faz casamentos durante a semana… mas como sou católica de fé… Nossa Senhora deu um jeitinho… e Nossa Senhora da Saúde foi a igreja que aceitou fazer a nossa cerimônia!!!
Igreja linda, mas eu nunca tinha visto um casamento lá, e como sou capricorniana e tenho 2 pés no chão e desconfiada pra danar… coloquei o vestido de festa, fiz meu noivo colocar o terno (ele é um santo gente…) e fomos assistir um casamento na igreja!!! Não conhecia ninguém, mas foi lindo, pegamos o contato do decorador, do coral e da assessoria… hahaha
Não bastante, repetimos a dose para garantir que estávamos fazendo a escolha certa, e deu tudo certo!!! Fomos à sacristia e fechamos a data!!! Obaaaa!!!
Gente, na igreja fomos informados e fiquei bem feliz com a notícia… disse o senhor da tesouraria da igreja que seguindo instrução do Papa Francisco, as igrejas só podem cobrar no máximo 1 salário mínimo para celebrar matrimônios! Adorei a notícia e principalmente a iniciativa do Papa Francisco (Papa nota 10)!
Demos o sinal (50% do salário mínimo) e reservamos a data!

Recebemos as instruções e o Livro dos Noivos!!! Deste eu vou falar depois… =S

bjinhos e até o próximo post… =D

O Buffet…

Baixamos um belo dia (noite na verdade) no buffet… e adivinhem… estavam fazendo um evento de degustação aos noivos que já haviam fechado o contrato… aaaa meu anjo da guarda é muito legal comigo!!!

Encontramos vários noivos felizes, com seus familiares experimentando as comidas do cardápio, pudemos ver as comidas, as disposições das mesas e o espaço decorado… e ainda nos ofereceram a degustação do jantar, não foi necessário, estava tudo como eu gostaria que estivesse!

Sentamos numa mesa, com salgadinhos e refrigerante da degustação, e seguimos em busca da tão esperada data! Há… a data…era um dia de Fevereiro de 2014, eu queria casar num sábado de Maio de 2015 (não queria mais nada né?!?), lógico que não tinham mais vagas… fiquei em choque! Não tinham mais vagas pra sábados de Maio, nem de Junho, só uma vaguinha pra um sábado de Julho… sábado de emenda de feriado… Meu Deus… o que seria de mim??? Agosto minha vó dizia que não era bom pra casar (se ela disse está dito!), Setembro e Outubro não posso tirar folga do trabalho, Novembro já é um baita calor e meu namorado não ia se sentir bem de terno e tals… Dezembro é época de férias e Natal, muita gente ia se complicar pra ir no casamento… acreditem que tudo isso se passou na minha cabeça em questão de segundos… hajam Ticos e Tecos para tantos pensamentos….

Voltamos ao único sábado disponível em Julho… dia 11 de Julho de 2015… feriado prolongado em São Paulo… 9 de Julho é dia da Revolução Constitucionalista.

A esta altura eu estava quase engolindo o calendário pra ver se tinha uma luz… foi neste momento divino que reparei uma coisa… se é feriado prolongado e as pessoas terão suas dificuldades de ir ao casamento, vão viajar e tals… porque não fazermos na véspera do feriado???? Assim as pessoas podem ir ao casamento e quem for viajar, vai no dia seguinte pela manhã, e quem não for viajar, terá bastante tempo pra curtir sua ressaquinha…

Pedi o orçamento para o mocinho do buffet para a bendita quarta-feira, véspera de feriado… daí veio meu momento de ouvir a música Hallelujah… ouvi sininhos e vi fogos de artifício na minha frente… o preço para casar de quarta-feira era MUITO mais barato!!!

Pegamos nosso orçamento lindo e reluzente e fomos pra casa respirar e fazer mais contassssssss… outro ponto bem positivo do buffet, não nos apertaram pra fechar na hora, eu não gosto de pressão… já basta no trabalho!

Fizemos nossas contas, colocamos na nossa super planilha de Excel e adivinhem?!? Podíamos fechar!!! Uhu!!!

Liguei e marcamos um dia pra ir oficialmente e contratarmos o Buffet!!!

MISSÃO BUFFET: CUMPRIDA!

Orçamento do casamento…

Como uma boa noiva profissional da área de planejamento financeiro, não poderia faltar este tópico na “saga casório”.

Quando nós percebemos que o sonho estava caminhando pra uma forma de realidade, paramos, respiramos e decidimos que era preciso, antes de mais nada, decidirmos até onde poderíamos ir em nossos investimentos com o casamento.

Eu fiz mais e mais pesquisas, pessoalmente, perguntei pra amigos que já haviam passado por esta fase, li muito na internet (hajam madrugadas) … então, montei um check-list com os tópicos que iríamos abordar no casamento.

Check-list em mãos, google neles!!! Encontrei algumas indicações, sites de opinião, blogs de casamento, páginas femininas, redes sociais… e enviei solicitações de orçamento pra cada um dos itens selecionados… só pra ter uma idéia do investimento…

Orçamentos recebidos (os que não enviaram, perderam qualquer chance de prestar o serviço, se há problemas ao enviar um orçamento, imagina depois do contrato fechado), pude ter uma ideia mais realista do que poderíamos ter no nosso casamento, alguns itens descartados logo de cara, outros substituídos, ajustados e pronto! Tínhamos nosso check-list!!!

Segue nossa lista de desejos…

Alianças

Assessoria (já descartada)

Banda da Festa

Bartender

Bebidas

Bem Casado

Bolo

Buffet

Carro da Noiva

Convite

Coral da Igreja

Coroa e Buquê da Noiva

Decoração

Dia da Noiva

Dj

Doces

Foto e Vídeo

Igreja

Lembrancinhas

Lista de Presentes

Lua de Mel

Noite de Núpcias

Roupa das Daminhas

Roupa do Noivo

Roupa dos Pajens

Salão de Festas

Sapatos dos Noivos

Topo do Bolo

Valet ou Estacionamento

Vestido de Noiva

Ufha…

E partindo desta lista, lógico, montei uma planilha de Excel básica com ajuda de um amigo que tinha se casado recentemente, nela coloquei os itens, os possíveis fornecedores, os valores que eu planejava gastar com cada item e os valores realmente fechados, assim, poderia manter os pés no chão e o cuidado pra não estourar nossas contas bancárias… segue o link da planilha caso vocês queiram se organizar assim também…

Basta preencher os campos nas colunas que não estão bloqueadas nos valores planejados e conforme for fechando os contratos (sempre faça contratos), coloca o valor real na coluna do lado… caso vocês tenham alguma dúvida, me mandem uma msg que ajudo vocês…

Baixar a planilha do orçamento

Bjinhos e vamos ao planejamento!!!

Decididos que vamos nos casar!!!! E agora?????? =S

Pois é… e agora???? Por onde começamos???? NAUMMMM SEI! Hihihi

Bora pra internet outra vez! Listas de preparativos, o que deve fazer primeiro, e muitas páginas e blogs dizendo que contratar uma assessoria de casamento é muito bom!

Achei a ideia ótima!!! Mas desde o início pensei: “hummm, será que cabe no meu orçamento?”

Pesquisei algumas referências, perguntei para algumas pessoas próximas que usaram os serviços de assessoria e todas as respostas foram similares: “se você tiver condição, contrate!”

Chegamos a conversar com uma pessoa muito legal, super indico mesmo, apesar de não ter contratado os serviços dela… hihihi mas que fique claro que não contratei por outras razões, primeiro porque o buffet que queria contratar (achado da internet) não aceita assessoria externa, eles oferecem o serviço interno entendem… e também porque meu orçamento casamentístico é um tanto apertadinho…

Bem, sem a assessoria, seguimos nós nas buscas e mais buscas… acreditem, eu cheguei a buscar as noivas que já haviam se casado no buffet nas redes sociais e entrei em contato na maior cara larga pedindo referências… afinal, sempre aprendi que a melhor propaganda é o boca a boca… e acreditem, encontrei! Tive várias respostas, fiquei amiga de algumas noivas em especial de uma que ainda vai se casar lá no buffet, antes de mim, estamos trocando várias figurinhas e descobrindo cada detalhe que vai fazer a maior diferença na composição da festa!

Com as referências em mãos, decidimos que queríamos fazer a nossa festa naquele buffet! =D

Agora precisávamos negociar muito o preço e o prazo e encontrar uma data…

Depois que tivéssemos a data, o buffet… só precisaríamos escolher uma igreja, e todo o resto… hihihi… um passo de cada vez… vamos ao buffet fazer um orçamento. (frase do noivo)

Tudo começou… há um tempo atrás… na ilha do soolll…

É isso… cada pessoa com sua história, com um caminho já trilhado até chegar por aqui, neste momento de óóóóóóóó… CASAR!!!

Normalmente são dois caminhos: ou você foi pega de surpresa com um pedido de casamento (que lindoooooo), ou você e seu eleito chegaram num consenso de que era hora de pensarem no assunto… em qualquer uma das situações, em algum momento veio a questão: Casamos ou Compramos uma bike???

Eu acho que o casamento é um momento único, afinal, ninguém espera casar mais de uma vez!

Mas confesso que pensei (junto com meu noivo é claro) em abrir mão de festa e fazer uma cerimônia simples pra família e pronto (porque da benção de Deus e da nossa família eu não abriria mão de jeito nenhum!).

Pensamos e chegamos a decidir que seria assim, até que um dia não sei porque… entrei na internet (minha amiguissíssima!), e googlei casamento simples, casamento econômico, casamento informal… e perdi as estribeiras… passei horas pesquisando e pesquisando…

Como uma boa profissional de finanças, fiz minha projeção financeira para os próximos anos (sim sim, anossss), e montei um orçamento para o casamento… claro que eu poderia pagar.

Quase matei meu noivo do coração quando cheguei em casa e soltei um: “Amor, vamos casar?!?!”… hihihi nunca vou esquecer a cara dele naquele momento… passado o quase infarto, ele começou a ver que se tudo saísse nos conformes, conseguiríamos sim ter uma festinha simples e muito bacana! Mas caso não ganhássemos na Mega Sena até o casamento, teríamos que ter muito auto controle pra não escorregar no orçamento…

E lá fomos nós, rumo aos preparativos!!!! IUPI!!!! =D

Seja bem-vindo ao Blog Presente dos Noivos!

Ai ai…

Depois de tantos sonhos realizados, tantos outros substituídos e outros simplesmente abandonados… aqui estou eu realizando um sonho tão especial!

Hoje digo meu primeiro OIE PESSOAL!!! aqui no blog Presente dos Noivos… tão feliz que vocês nem fazem ideia…

Mas nada disto faria sentido se antes disto, eu não tivesse passado por cada momento que passei na vida, bom ou ruim… tudo isso me preparando para o dia que encontrei meu amor… um homem tão maravilhoso que nunca me atrevi a sonhar, com seu defeitos e qualidades que o fazem perfeito pra mim… (apaixonada nível mega máster… hihihi)

Todos os detalhes desta trajetória, momentos vividos, lições aprendidas, contarei à vocês adiante… mas quero começar pelo HOJE!

VAMOS NOS CASAR!!! =D

E quando decidimos casar, vieram todos os pensamentos, preocupações e  contasssssss.

Gente, sempre ouvi dizer o quanto é difícil preparar um casamento, já ajudei um irmão, amigas e tals… mas quando é com a gente… ui… é diferente…

Como boa mineirinha paulista que sou, saí ‘googlando’ tudo, pesquisando todos os assuntos, tudo que queria, pedindo orçamentos, consultando blogs do assunto, madrugadas e finais de semana totalmente dedicados ao nosso tão sonhado casamento… o resultado disso tudo?!?

Vou compartilhar com vocês aqui, quero trocar muitas figurinhas a respeito de organização de casamento, perrengues, indecisões, bolas fora, outros golaços, mudando de ‘status’ solteira para casada (ai meu Deus), montando uma casa, e passando a ser dona da minha casa, dona da minha vida e tals…

Ansiosa para o próximo post… (UHU!!! Que legal)

Bjinhos e até brevíssimo….