Igreja e Decoração

Casar na Igreja… A saga… Capítulo: Decorador

Lá vou eu relembrar essa parte… já disse que me casei numa quarta-feira?!?

Pois é… casei numa quarta-feira, porque o buffet é bem mais barato dia de semana (e encontramos a data véspera do feriado da Revolução Constitucionalista… 09 de Julho que é feriado em SP e passa despercebido…)

Mas disso falamos outra hora, voltando… casei numa quarta-feira e era a única noiva da igreja… tinha que arcar com os custos da decoração sozinha (o que ficou bem mais barato do que pagar o buffet numa sexta-feira ou sábado).

Eu não tive problemas de gosto com outras noivas, e eu queria a igreja toda decorada em fores brancas e folhagens verdes, tipo básica e bonita… e consegui!!!

Massssssss como nem tudo são flores… rsrsrs

Eu tinha duas opções nos bendito Livrinho dos Noivos, uma decoradora nem sequer me atendeu direito, foi péssima na entrada, eu que não ia pagar pra ver na saída…

E a outra opção era um casal do interior que vinha decorar quando necessário, nos atenderam tipo bem, fizeram um contrato com sulfite e carbono no meio (essa vou guardar pra sempre)!

Mas eram “cadastrados” da igreja e confiamos… fechamos a decoração, a montagem e desmontagem, as flores das madrinhas e os botões das lapelas dos padrinhos e do noivo… pedi o buquê de brinde… ganhei! Mas confesso que fiquei um pouco receosa, só tinha visto a decoração branca da igreja, não conhecia o trabalho deles, não tem Facebook, página na internet, whatsapp… nada. Fiquei com aquela pulguinha atrás da orelha, mas era um brinde… ok!

Nesse ponto eu nem sequer pude cotar preços fora, afinal, se trouxesse alguém de fora… dá-lhe a “taxa de cadastro” da igreja…

Fechamos e começamos a rezar pra dar tudo certo, a gente reza pra caramba essa época!

A cerimônia… Salão ou Igreja?

Sou católica de criação e de fé… sempre me imaginei entrando na igreja para casar…
Mas quando chega a hora, vem o pensamento… casar no salão que será a festa… mais prático, mais barato (depois descobri que é bem mais barato mesmo) … ou casar na tão sonhada e tradicional igreja?!?!?

Eu e meu noivo não somos diferentes, pensamos bastante, ponderamos e entramos num acordo (essencial o acordo sempre existir) … nós iriamos assumir os custos e detalhes e mais, vamos à igreja! É importante pra mim, pra minha família e para a família dele… e lá fomos nós atrás da igreja, com nosso detalhezinho particular: quarta-feira!!!

Gente, meu noivo é tuuudddooooo de bom, por isso que vou casar né?!?
Ele me ajudou a procurar as igrejas, se lembrou das igrejas que já tinha ido, me ajudou a encontrar os endereços e telefones… um noivo lindo e exemplar! Façam seus noivos lerem isso e entenderem o quanto isso é importante pra nós…
Liguei nas igrejas que gostamos, a maioria não faz casamentos durante a semana… mas como sou católica de fé… Nossa Senhora deu um jeitinho… e Nossa Senhora da Saúde foi a igreja que aceitou fazer a nossa cerimônia!!!
Igreja linda, mas eu nunca tinha visto um casamento lá, e como sou capricorniana e tenho 2 pés no chão e desconfiada pra danar… coloquei o vestido de festa, fiz meu noivo colocar o terno (ele é um santo gente…) e fomos assistir um casamento na igreja!!! Não conhecia ninguém, mas foi lindo, pegamos o contato do decorador, do coral e da assessoria… hahaha
Não bastante, repetimos a dose para garantir que estávamos fazendo a escolha certa, e deu tudo certo!!! Fomos à sacristia e fechamos a data!!! Obaaaa!!!
Gente, na igreja fomos informados e fiquei bem feliz com a notícia… disse o senhor da tesouraria da igreja que seguindo instrução do Papa Francisco, as igrejas só podem cobrar no máximo 1 salário mínimo para celebrar matrimônios! Adorei a notícia e principalmente a iniciativa do Papa Francisco (Papa nota 10)!
Demos o sinal (50% do salário mínimo) e reservamos a data!

Recebemos as instruções e o Livro dos Noivos!!! Deste eu vou falar depois… =S

bjinhos e até o próximo post… =D

O Buffet…

Baixamos um belo dia (noite na verdade) no buffet… e adivinhem… estavam fazendo um evento de degustação aos noivos que já haviam fechado o contrato… aaaa meu anjo da guarda é muito legal comigo!!!

Encontramos vários noivos felizes, com seus familiares experimentando as comidas do cardápio, pudemos ver as comidas, as disposições das mesas e o espaço decorado… e ainda nos ofereceram a degustação do jantar, não foi necessário, estava tudo como eu gostaria que estivesse!

Sentamos numa mesa, com salgadinhos e refrigerante da degustação, e seguimos em busca da tão esperada data! Há… a data…era um dia de Fevereiro de 2014, eu queria casar num sábado de Maio de 2015 (não queria mais nada né?!?), lógico que não tinham mais vagas… fiquei em choque! Não tinham mais vagas pra sábados de Maio, nem de Junho, só uma vaguinha pra um sábado de Julho… sábado de emenda de feriado… Meu Deus… o que seria de mim??? Agosto minha vó dizia que não era bom pra casar (se ela disse está dito!), Setembro e Outubro não posso tirar folga do trabalho, Novembro já é um baita calor e meu namorado não ia se sentir bem de terno e tals… Dezembro é época de férias e Natal, muita gente ia se complicar pra ir no casamento… acreditem que tudo isso se passou na minha cabeça em questão de segundos… hajam Ticos e Tecos para tantos pensamentos….

Voltamos ao único sábado disponível em Julho… dia 11 de Julho de 2015… feriado prolongado em São Paulo… 9 de Julho é dia da Revolução Constitucionalista.

A esta altura eu estava quase engolindo o calendário pra ver se tinha uma luz… foi neste momento divino que reparei uma coisa… se é feriado prolongado e as pessoas terão suas dificuldades de ir ao casamento, vão viajar e tals… porque não fazermos na véspera do feriado???? Assim as pessoas podem ir ao casamento e quem for viajar, vai no dia seguinte pela manhã, e quem não for viajar, terá bastante tempo pra curtir sua ressaquinha…

Pedi o orçamento para o mocinho do buffet para a bendita quarta-feira, véspera de feriado… daí veio meu momento de ouvir a música Hallelujah… ouvi sininhos e vi fogos de artifício na minha frente… o preço para casar de quarta-feira era MUITO mais barato!!!

Pegamos nosso orçamento lindo e reluzente e fomos pra casa respirar e fazer mais contassssssss… outro ponto bem positivo do buffet, não nos apertaram pra fechar na hora, eu não gosto de pressão… já basta no trabalho!

Fizemos nossas contas, colocamos na nossa super planilha de Excel e adivinhem?!? Podíamos fechar!!! Uhu!!!

Liguei e marcamos um dia pra ir oficialmente e contratarmos o Buffet!!!

MISSÃO BUFFET: CUMPRIDA!